O Tribunal



O TRIBUNAL
Este texto é de autoria de Eleázer Souza
Proibida a reprodução comercial sem autorização previa do autor

Você está diante de um grande tribunal,
Não muitas lembranças de como se chegou ali
O interessante é que o tribunal é deveras simples
Não há pompas, não há ninguém vestido a caráter de intimidar ninguém
Na verdade é quase impossível de olhar nos olhos do juiz
Antes que comece a seção, você se Poe a perguntar porque errou tanto
Porque brigou tanto
Porque blasfemou tanto
Porque olhou tanto pra si
Porque olhou tanto para seus próprios interesses
De repente você começa a lembrar de coisas boas que deixou de fazer
E de coisas ruins que não deixou de fazer
De palavras certas omitidas
De palavras erradas ditas
De repente você num breve subido de lembrança
Vem a mente que você foi um religioso nato
Você guardou quase todos os costumes
Cumpriu quase todas as regras
Você tinha um cargo,
Ah outra coisa, você lembra agora o quanto era destacado na congregação
Como pregou bonito
Como falou bonito
Nas suas vestes exteriores era um exemplo de decência
Mas nessa hora há algo dentro de você, e somente dentro de você mesmo
Não lhe absorve
Vem a mente a mão que você não estendeu
O caído que você não levantou
O faminto que você não alimento
O cansado que você não deu descanso
Num súbito medo de tudo o que você é agora
Como sentindo um retardatário arrependimento
Começa uma busca o que você fez durante toda vida
Existe uma única e uma única chance
É complicado porque haverá de existir um sentimento muito nobre a fim de que sejas absorvido
O que fazer.
Há um silencio, mas na tua mente as perguntas não param
A busca não cessa.
Então vem de repente esse pensamento; o que eu fiz na igreja durante todo esse tempo.
O que eu busquei por aí.
As lembranças de algumas mensagens
O quanto elas lhe martelavam a mente
Será que era aquilo a verdade?
Será que realmente não havia nada que eu pudesse fazer?
Agora soa bem nítido dentro de você, pra dentro do coração
Porque aos homens é impossível serem salvos
Mas é dom de Deus.
Nessa hora você percebe que pode cair de joelhos
E desce
Desce humilhando-se , colocando toda sua vaidade
Essa tentativa absurda de deixar Deus impressionado
Essa tentativa absurda de se sentir merecedor da GLÓRIA
Se podes fazer alguma coisa por ti ó homem
Não faças por ti, mas faça por outrem
Estenda a mão, mate a fome, mate a sede
Ame de verdade, no julgamento o critério é o amor.
O que podes fazer por ti mesmo?
Há agora mesmo um tribunal pra te absorver
Pois aqueles que estão em Jesus,
Para esses não há nenhuma condenação.
Mas o que é estar em Jesus?
Estar em Jesus é justamente estar vazio
Estar cônscio de seus erros , de sua miséria
Estar cônscio de sua incapacidade de ser digno do céu
Pois há somente um meio
O único meio é reconhecer a graça
Abraçar a Graça de Jesus
Essa é a verdade que liberta
PELA GRAÇA SOIS SALVOS
E ISTO NÃO VEM DE VÓZ
NÃO VEM DAS OBRAS PARA QUE NINGUEM SE GLORIE
MAS É FÉ.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

E SE JESUS FOSSE NEOPENTECOSTAL?

baseado nos escritos de Salomão